07 setembro, 2017

Estou tramada.

Chegou aquela altura. Pronto, já não há mais nada a fazer a não ser conformar-me.
Uma pessoa pensa nesta dia, imagina como é quando lá chegar, mas depois não está preparada para quando chega.
Os tempos de adolescente já lá vão, e agora chegou a temida altura dos casamentos!

Casamentos aos potes! Casamentos aos pontapés (salvo seja)! Casamentos por tooooooooodo o lado!

Este ano um já foi, outro será no penúltimo dia do ano.
Para o ano já conto com três! Três! Eu que ia a casamentos de dez em dez anos, tenho três casamentos no mesmo ano. E se faltar a algum deles não me parece que seja opção começo a olhar para a minha carteira e penso duas vezes nas respostas que vou dar aos convites.



A somar aos três casamentos tenho mais duas comunhões no próximo ano. Já não me bastavam os casamentos que ainda tenho comunhões a tramar-me a vida!

E nem sequer estou a pensar no terrível processo de escolher a roupa para usar... Porque se todos correrem como este último que fui estou mesmo perdida. Fico sem dinheiro e sem cabeça em três tempos!

Mas por falar neste assunto gostava de saber a vossa opinião acerca das prendas a oferecer nos casamentos. Vocês costumam dar prenda, ou dinheiro? Ou os dois? 
Eu sei que cada um dá consoante as suas possibilidades mas costumam fazer alguma pesquisa dos preços praticados nas quintas onde se vão realizar os casamentos para saber quanto vão dar, ou já tem um valor estipulado (quem quiser avançar com valores sintam-se à vontade)?

Tal como vos disse não sou nenhuma expert em casamentos. Desde que deixei de ir a casamentos com os meus pais e passei a ir com o namorado só estive presente em três. E nos três dei valores diferentes. Aumentei sempre o valor desde o primeiro até ao mais recente porque no primeiro estávamos os dois desempregados, no segundo casamento trabalhávamos há pouco tempo e neste último já contamos com alguns anos de trabalho.
Mas sinto-me sempre desconfortável com esta questão. Uns amigos disseram-me que optam sempre por tentar saber quais os preços praticados nas quintas onde são os casamentos. Pareceu-me uma excelente ideia! Mas se os noivos resolverem fazer o casamento num palácio que cobra 200,00€/pessoa não vai ser isso (400,00€) que eu vou dar de prenda de certeza absoluta!!!
Para todos os efeitos e na falta de melhor solução é por essas informações que me vou organizando para saber quanto vou dar de prenda. E vocês?
 

10 comentários:

  1. Deixa lá...
    Eu também já tive uns anos assim, mas já desde 2014 que não vou a nenhum... E nem antevejo nos proximos tempos, quem tinha que casar já casou quem ainda não o fez é quem não me parece que o faça...
    São coisas da idade...

    ResponderEliminar
  2. Eu honestamente acho que apto por dar dinheiro. No entanto, a quantia varia consoante a pessoa e assim.
    Chu,chu,
    Sara Meireles

    https://blogsarameireles.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Felizmente tenho tido muito poucos... são um descalabro financeiro!!

    ResponderEliminar
  4. Such a lovely post, and great pictures too.
    I'm following you and I hope that you'll follow me to.

    www.ccaammblog.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Já não vou a um casamento desde que tenho uns 9 anos, por isso não sei bem!
    Tenta ver se têm uma lista de coisas que querem, ultimamente há cada vez mais!
    Beijinhos
    Joana
    https://curlyhairandlipsticks.wordpress.com/

    ResponderEliminar
  6. Estás tramada ahaha normalmente nos casamos oferecem-se coisas para a casa, ao menos antigamente era assim. Algo que os dois possam usar, que seja útil. Se pensares bem irás encontrar algo em conta para os dois.

    Primeira vez aqui e parece que não vai ser a última :)
    https://norwegian-heart-portuguese-blood.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Que ótima postagem, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  8. Eu opto sempre por dar dinheiro e, assim, os noivos compram o que quiserem! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. Bom, não me posso queixar porque já não vou a um casamento à uns 3 anos! Por um lado é óptimo, não se gasta dinheiro nem com a indumentária nem com as prendas mas por outro...gosto tanto de usar um vestidinho assim mais 'fino'!

    Beijinhos
    http://aestilografa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. God, não há carteira que aguente! Tanta festa!

    ResponderEliminar