31 agosto, 2017

Ainda na onda dos casamentos...

Se há coisa que me deixa estupefacta é a quantidade de mulheres que assim que começa o copo de água já não tem o mesmo calçado. A mim e ao namorado! Porque também ele neste último casamento comentou como era possível que no meio de tantas mulheres só cerca de 5 a 10 mulheres mantinham o mesmo calçado durante toda a cerimónia.
Vê-se de tudo! Todas trocam de sapatos de salto alto para rasos. Desde sandálias, sabrinas, chinelos, sapatilhas e até há quem chegue à loucura de ficar descalça!


Eu compreendo que se não andarmos de salto alto no dia a dia (eu não ando regularmente) seja um bocadinho mais complicado  aguentar um casamento (que geralmente dura imensas horas-este por exemplo foi desde as 13h00 até às 02h30) mas é um só dia. É uma ocasião especial. Se acham que não aguentam sapatos tão altos comprem uns mais baixos, com outro género de salto, mais grosso ou até mesmo rasos. Porque a história de ir à igreja de saltos, tirar fotos de saltos e depois no resto de casamento andar de sandália/chinelo de praia não combina! Vestidos compridos giríssimos a arrastar pelo chão porque já não há centímetros extra dos sapatos, looks perfeitos que ficam estragados assim que vemos o novo calçado, enfim... 
Conforme quando vamos para o trabalho não temos por hábito a meio do dia trocar de sapatos, talvez nas cerimónias (principalmente) casamentos devêssemos optar pela mesma teoria!
Não me parece coerente que se preocupem tanto com toda a indumentária para o casamento, desde cabelo, maquilhagem, roupa, calçado, clutch, para estarem perfeitas e depois ainda a meio do casamento já não interessa nada tudo aquilo que penaram (falo por mim) e qualquer coisa serve. Se é para estar bonita que seja até ao fim da festa ;)



30 agosto, 2017

Atenção burla! - GILOLA

E depois de vos contar todo o meu drama para encontrar a roupa para o casamento da minha amiga aqui, chegou a vez de vos contar o que me aconteceu durante esse processo de procura.
Então como já vos tinha dito depois de devolver o vestido que me magoava fiquei bastante atrapalhada porque o tempo já não era muito e eu não encontrava nada nas lojas que visitava.
Resolvi perder algum tempo em lojas de facebook. Não era a melhor ideia, porque se os tamanhos não fossem os corretos ia ter dois trabalhos, mas numa altura de desespero como esta achei que devia recorrer a tudo.
E foi nesta procura que encontrei uma loja de roupa chamada GILOLA. Minhas queridas se algum dia pensarem comprar alguma coisa que seja desta loja, não o façam. Mas não o façam mesmo!
Escolhi um conjunto composto por saia comprida e um top. Simples, o top poderia usar com qualquer outra roupa no dia a dia, e resolvi perguntar o preço. Já aqui devia ter desconfiado desta loja. Demoraram 2 dias para me responderem se tinham ou não o conjunto disponível e qual o preço do mesmo.
Responderam-me então que tinham sim o conjunto disponível em vários tamanhos, e enviaram também logo informações sobre o pagamento e o tempo de entrega do produto, que me parecia ser uma mensagem já pré-definida.
Informei que estava com alguma dificuldade em perceber qual o tamanho que deveria encomendar e deram-me algumas informações sobre a modelo para poder comparar. Decidi o tamanho, pedi que o pagamento fosse efetuado por transferência bancária (burra, burra, burra) - porque era possível efetuar o pagamento no levantamento da encomenda ao carteiro ou no posto CTT mais próximo - e fiz questão de perguntar se a encomenda chegaria na semana seguinte, uma vez que estava a fazer a encomenda numa quinta-feira. A resposta foi afirmativa. Na mensagem pré-definida que me tinham enviado anteriormente já informavam que a encomenda chegava dentro de 1-8 dias, por isso fiquei mais descansada. Mas isto foi tudo menos descansado!
No dia 10 de Agosto efetuei a encomenda, fiz o pagamento por transferência bancária, enviei o comprovativo, indicaram-me qual o código da encomenda, e aguardei.
No dia 16 de Agosto,  quarta-feira seguinte ao dia da encomenda, ainda não tinha chegado nada. Resolvi enviar nova mensagem a questionar se a encomenda X já tinha sido enviada.
A resposta chegou no dia seguinte, dia 17 de Agosto e dizia assim: 
- "Olá vamos enviar ainda esta semana. Obrigado."


28 agosto, 2017

Saga casamento - Capítulo Final.

Férias passadas, primeiro dia de trabalho a decorrer dentro da (suposta) normalidade, e ainda a recordar o casamento da minha amiga que decorreu no sábado passado.

A saga deste casamento começou bem cedo, e só terminou totalmente dois dias antes do casamento.
Nunca me tinha acontecido tal coisa. Visitei imensas lojas, fui a várias cidades, várias vezes a centros comerciais, vários outlets, e nada! Não fui capaz de encontrar nada que gostasse.
Tudo começou com o vestido que vos mostrei aqui, que apesar de não me encher as medidas totalmente estava mesmo convencida que seria o escolhido, mas não fui capaz de ficar com ele por me deixar assim
Fiquei novamente na estaca zero e retomei as visitas às mais variadas lojas para encontrar alguma coisa que me agradasse.
Até que encontrei um conjunto composto por saia comprida e top numa loja online e resolvi encomendar. Acontece que esta encomenda já foi feita muito perto do dia D. Ainda assim garantiram-me que chegaria na semana anterior ao casamento. Mas não chegou! Sobre isto falarei noutro post porque tenho pano para mangas.
Aguardei até à quarta-feira antes do casamento e como a encomenda não tinha chegado tive de me fazer ao piso e desta vez tinha mesmo de encontrar alguma coisa.

O (santo) do meu namorado acompanhou-me em todo este filme de terror, e nesse mesmo dia da parte da tarde já tinha ido a dois outlets e já estava enfiada num centro comercial. E por incrível que pareça até não fui muito demorada. Assim que entrei na Mango deparei-me logo com dois vestidos que me convenciam. A questão é que o comprido era azul escuro, cor que andava a evitar e também era caro, e o curto apesar de ser muito bonito, vistoso e bem mais barato era curto (lá está) e o tamanho que estava na foto era-me grande e não tinha mais pequeno.

Experimentei, tirei, voltei a experimentar, mandei fotos para a mãe, e depois de muito decidir resolvi comprar o vestido azul comprido.

A primeira parte estava concluída!


24 agosto, 2017

Saga casamento - capítulo VII

Este podia ser o post em que vos mostrava todo o look já pronto para o casamento, mas... Não! O casamento é no sábado e eu (desgraçada) ainda ando a bater perna em muitas lojas para encontrar a roupa perfeita! Perfeita, perfeita já não será porque a tão pouco tempo da data não me posso dar ao luxo de reclamar. Mas pelo menos tento encontrar alguma coisa minimamente em condições, o que tem-se demonstrado ser um verdadeiro desafio!
Hoje fiquei indecisa com dois modelos da Mango. Trouxe um para casa mas ainda sem certezas de que será o escolhido. Eu sei que isto está mais para telenovela mexicana que outra coisa... É que não pode ser normal eu andar há meses a fio à procura de uma roupa decente e não encontrar nada que me agrade!
E vocês, qual escolheriam? Curto ou comprido?!



17 agosto, 2017

TAG - Liebster Award

Mesmo de férias uma pessoa tenta passar aqui pelo blogue. E fui nomeada para uma TAG pelo blogue As Coisas Dela (visitem!).
É a minha primeira TAG por isso vamos lá ver se isto corre bem! 
Regras da TAG:
 - Escrever 11 factos sobre mim;
 - Escrever 11 perguntas para os futuros indicados;
 - Responder às perguntas de quem o indicou;
 - Indicar entre 11 a 20 blogs com menos de 200 seguidores;
 - Colocar o selo da TAG LIEBSTER AWARD;
 - Indicar os links de quem identificar.

11 Factos sobre mim:
1- Detesto coisas de morango e principalmente o cheiro a morango;
2- Morro de medo de aranhas;
3- Adoro conduzir;
4- Choro facilmente. Basta levantarem-me a voz que já tenho as lágrimas nos olhos;
5- Sou bastante teimosa (o namorado que o diga!);
6- Infelizmente não sei nadar e tenho muito medo da água;
7- A minha mãe é a minha melhor amiga;
8- Adoro conversar (sou uma tagarela diga-se!);
9- No meu trabalho gosto de explicar as coisas muito bem explicadas. Os meus clientes tem de perceber as coisas da mesma forma como eu as entendo!
10- Não vivo sem música, e sem cantar (não quer dizer que o faça bem!);
11- Sou uma eterna sonhadora.

11 Perguntas para os futuros indicados:
1- Qual o teu maior sonho?
2- Quem é a pessoa mais importante da tua vida?
3- Qual o teu maior medo?
4- Se tivesses um super poder qual seria?
5- O que mudarias no mundo da blogosfera?
6- Praia, campo ou cidade? Porquê?
7- Música favorita?
8- Perspectivas para o futuro do teu blogue?
9- O que mais prezas numa relação de amizade?
10- Viagem de sonho?
11- Qual o teu maior defeito?

As perguntas que me foram indicadas:
 1 - Qual o maior pequeno prazer da vida? 
Diria que são dois. Dormir e comer! Mas se tivesse de escolher só um diria dormir. Até posso ter fome, mas sou incapaz de sair da minha rica caminha para ir comer!

 2 - Qual o maior sonho em relação ao blogue?
Talvez seja chegar ao maior número de pessoas. Tal como disse nos 11 factos sobre mim adoro conversar, e para mim o blogue é uma excelente forma para comunicar com as mais variadas pessoas. Por isso mais que fazer do blogue uma fonte de rendimento é torná-lo de muita gente!

3-  Qual o maior sonho da tua vida? 
Simples: Ser feliz! Assim engloba tudo.
  
4 - No teu guarda roupa nunca pode faltar?
Calças de ganga. Ando imenso de calças, e principalmente no verão gosto de usar outro género de calças, mas calças de ganga nunca podem faltar no meu guarda roupa.

5 - Qual o teu passeio de sonho?
Índia.

 6 - Animal preferido?
No geral adoro animais. Tartarugas, hamsters, gatos, pássaros,... mas o meu preferido é o cão. Neste caso os meus 4 cães ;)

7 - Computador, tablet ou telemóvel?
Chamem-me antiquada mas sou 100% computador. Para mim o tablet ou o telemóvel são um desenrasque para quando não tenho acesso ao computador.

8- Até onde vais para seguir os teus objetivos?   
Vou até onde me for possível. É óbvio que não tenciono atropelar ninguém pelo caminho, nem sequer transformar-me em algo que não sou para isso. Mas se é para ir à luta então é arregaçar as mangas e lutar! 

 9 - Não consegues viver sem...?
Uiii difícil. Sem a minha família (aqui incluído o namorado obviamente!), sem os meus cães, sem os meus amigos. Se falarmos de coisas materiais, sem computador, telemóvel e carro.

 10 - Bebida e comida favoritas?
Bebida: água.
Comida: arroz de polvo da mãe, rodovalho grelhado com batatas cozidas e salada, bife de lombo com batatas fritas, feijoada à transmontana da mãe, ...

 11 - Para ti, o que é a blogosfera?
Enquanto leitora é um verdadeiro entretenimento. Sou capaz de passar horas a ler e descobrir novos blogues e adoro acompanhar o crescimento dos mesmos.
Enquanto autora de um blogue é ainda uma descoberta. 
O ideal é conciliar a parte de leitora com a de autora para poder aproveitar todos os blogues a 100%.


Blogues que nomeio:


E para primeira TAG acho que até correu bem! Para os nomeados fico a aguardar conhecer-vos um bocadinho melhor!

  
  
 

13 agosto, 2017

Queridinhos #6

O produto que vos venho falar hoje passou para a categoria de queridinho há apenas dois dias. Mas é tão mas tão bom que acho que precisa ser divulgado. 
Falo-vos do ultra bronzeador da marca Corine de farme.



Eu só os descobri há dois dias mas esta história já vem de algum tempo atrás. 
Quando era mais nova e estava na praia, rio ou piscina, sentia sempre um cheirinho característico às senhoras emigrantes que lá estavam. Reparava sempre no protetor solar que usavam mas a maioria deles eram da Garnier e eu sabia que aquele odor não era desses produtos. Tentei vários anos descobrir o que cheirava tão bem nas nunca descobri. Até sábado ir ao pingo doce com a minha mãe e por curiosidade estava a dar uma vista de olhos nos óleos da Corine de farme e vi uma embalagem igual a esta mas em laranja e resolvi abrir para cheirar e achei o cheiro muito bom. Ao lado estava este, com embalagem castanha, e assim que o abri para cheirar foi um reviver de todos os momentos em que fiquei curiosa com este odor.
É MA-RA-VI-LHO-SO!!!
Chamei pela minha mãe para o cheirar, contei-lhe esta história e claro comprei-o.
No sábado à tarde e hoje fui para a praia e já o usei. É super bom de espalhar, bastante hidratante, resistente à água conforme indica o produto, ajuda a deixar um tom dourado na pele e o melhor de tudo é o cheiro que dura imenso tempo e tão delicioso!


O namorado diz que já está enjoado do bronzeador só porque eu passo a vida a dizer-lhe para o cheirar (ou a mim)! 
Ele custou 5,99€ e acho que não vai durar muito porque estou completamente viciada neste cheiro!

11 agosto, 2017

Meu querido mês de Agosto!

Assim que falo de Agosto é instantâneo que comece a cantarolar a música "Meu querido mês de Agosto..."!
Mas de querido ele tem muito pouco. Neste momento começaram as festas do concelho onde trabalho. É uma terra com muitos emigrantes e portanto chega a este mês e temos muito mais gente por cá. Mas não é propriamente isso que me faz confusão. 
É bom ver gente na rua, famílias a passear por cá, a dinamizar os nossos comércios tradicionais. O concelho ganha outra vida. Mas o trânsito...  O trânsito senhores, deixa-me a dizer tantos palavrões que nem imaginam.
Deixo de ter lugar para estacionar e tenho de andar largos minutos à procura de um lugar distante do meu local de trabalho. Na estrada já temos imensos carros a andar cada vez mais devagar (ritmo de passeio) o que nos condiciona mais na hora de chegarmos ao emprego. Mas o pior, o pior para mim é quando estão super indecisos do que pretendem fazer e param no meio da estrada a decidir e a conversar dentro do carro enquanto se gera uma fila enorme atrás deles, que começa logo com buzinadelas mas mesmo assim eles mantém-se na deles. Afinal eles não tem horários por isso podem perfeitamente estar uma manhã naquilo! Mas eu não!!!!
Fico doente quando isto me acontece. Dou sempre o benefício da dúvida porque às vezes podem não conhecer bem a estrada, e precisamos ali de uns segundos extra para decidir para onde vamos, mas depois buzino, e levanto os braços, e digo umas quantas palavras para mim. E quando mesmo assim não há evolução, abro o vidro, e claro passo-me!!!


Hoje aqui à porta do escritório estava uma senhora de cá também a discutir com um emigrante. Gerou-se logo uma fila gigante, o verdadeiro caos!
Por isso andar na estrada neste mês é um suplício para mim.
O que vale é que hoje é o meu último dia de trabalho antes de ir de férias!!!

E como gente normal devia estar a pular de alegria mas não estou lá muito entusiasmada com isso. Não me perguntem porquê mas este ano há qualquer coisa que me está a deixar mais em baixo! Mas durante as férias devo recuperar as energias (espero eu)! 

09 agosto, 2017

Eu não quero ser implicativa....

Mas expliquem-me lá qual é a necessidade de ir maquilhada para a praia ou para a prática de qualquer desporto?
E jóias? Também costumam ser úteis nestes casos ??
 
 

04 agosto, 2017

Adolescentes!

Tenho um primo com 14 anos. É um adolescente portanto. Já é meu segundo primo, mas a ligação é próxima e considero-o meu primo direito como é o pai dele.
Nestes últimos dias temos andado a fazer umas caminhadas nocturnas. Eu, o namorado, o meu primo e a esposa, uma vez que o adolescente de 14 anos não quer vir connosco (dizem que ser visto perto dos pais não contribui em grande coisa para o estilo)!
Ontem à noite, nas nossas caminhadas, a mãe contava-me que ele tinha saído com os amigos. Estão de férias, daqui a nada começam as festas do concelho e eles lá andam nos preparativos.

Hoje quando ligo o facebook tinha uma mensagem do meu primo adolescente de ontem às 21 horas que dizia assim:

"J* olha tu agora vais com os meus pais ao cafe e tp eu vou sair tas a ver n podes fazer um tempinho la com eles?"




02 agosto, 2017

Futilidades #16

Preciso de renovar as minhas malas. Estou a levar cada uma delas até às últimas e desconfio que daqui a nada não tenho nem uma para poder usar. 
Fiz uma seleção de umas quantas que podiam vir substituir as minhas velhinhas.Todas elas são de preços acessíveis e fáceis de encontrar a não ser a Michael Kors que tem um valor bem mais elevado. Mas se é para sonhar, pois então vamos sonhar alto!!!


hhhhhhh

01 agosto, 2017

O dia ainda não terminou?

Ontem deitei-me mais tarde que habitual. Não muito, mas para quem está habituado a dormir aquelas (sagradas) horas, menos um minuto já é suficiente para acordar com aspecto de quem já não dorme há sensivelmente 72 horas.
Por isso hoje quando acordei era obrigatório uso de maquilhagem para disfarçar esta cara de susto. Era, porque em instantes isso passou para segundo plano e saí de casa a voar, sem qualquer vestígio de sono.
Depois de tomar o pequeno almoço e ficar uns minutos a fazer ronha no sofá, levanto-me e vou directa à casa de banho para tratar então da parte artística da coisa. Lavo primeiro os dentes, e quando já me mentalizei que tenho de pegar no kit de maquilhagem toca o telemóvel. Era o meu irmão. Estranho estar-me a ligar tão cedo. Notícia: a minha mãe estava no hospital.

Saí de casa a voar. Ainda que voz dele fosse tranquila, quando a nossa mãe não está bem, nem que seja com uma dor de cabeça, nós também não ficamos bem.

Cheguei ao hospital e ele estava cá fora. Fui eu vê-la. Estava com uma aspecto que nem imaginam, desde a uma da manhã no hospital. 
O quer aconteceu foi que estava a dormir, acordou e estava tudo a rodar, não conseguia levantar-se, e manter os olhos abertos só com muita força. A muito custo o meu pai conseguiu levá-la para o hospital não sem antes vomitar. Diagnóstico, vertigens.
Já não é o primeiro episódio, se bem que este foi mais forte.
Agora já está em casa a descansar.

Com isto tudo cheguei mais tarde ao trabalho, sem maquilhagem, e para ser perfeito acho que tenho um terçolho (ainda bem que não me maquilhei) !