26 maio, 2017

A nossa família de quatro patas!

Já aqui disse várias vezes que adoro cães. Aliás, gosto muito de animais no geral (menos aranhas!!) mas cães é assim uma coisa diferente. Sempre tive cães em casa e com a idade comecei a sentir aquele "amor incondicional" por eles. Já disse várias vezes que são os nossos melhores amigos e acho que vou continuar a dizê-lo para o resto da vida!
Talvez por ver os meus pais com essa afeição por cães, e mais tarde o meu irmão, também eu fiquei assim. Vemos um cão bebé e ficamos todos derretidos, se anda um cão abandonado adota-se,... Enfim! É toda uma loucura. Acho que de todos nós o meu irmão é mesmo o que mais sofre com este "amor". Se todos os dias visse um cão abandonado, todos os dias ele adotava um!
Infelizmente não pode adotar todos, mas já contamos com uma família numerosa.

No local do trabalho o meu irmão adotou 3 cães! E em casa da minha mãe são 4 cães e um gato!
O gato é o membro mais recente, aparece para comer e pouco mais. Não é muito afetuoso, gosta de andar na vida dele, e impõe respeito perante os 4 bicharocos gigantes! 



Quanto aos cães, nunca tivemos tantos. Tudo começou com o antigo cão que tínhamos, um boxer, super mimado, mas muito ciumento! Já ele era adulto o meu pai resolveu trazer-lhe um companheiro. Tudo correu bem, até que ele morreu de repente. Nós e o novo companheiro ficamos tão desolados que resolvemos procurar uma namorada para ele. Assim foi! Ficamos com um casal de labradores com o intuito de aumentar a família. E foi isso mesmo que aconteceu. De uma outra relação nasceram 8 lindos cachorros. Ficamos com um e demos os restantes. Mas ainda aproveitamos aquele tempo da casa cheia de cachorros!! Que saudades daquelas coisas boas! Assim mantivemos o casal de labradores pretos e completamos com mais um bege. Mas... E o castanho chocolate?! Pois foi o último a chegar, e também descendente da nossa menina, temos a nossa família completa! Quatro labradores que são o melhor da nossa família!


São a nossa família de quatro patas! Cada um com o seu jeito, uns mais meigos, outros mais brincalhões, outros mais calmos e outros mais gorduchos são para nós todos iguais e tratados da mesma forma. Com muito amor e muito carinho porque é só isso que eles nos sabem dar. A alegria com que nos vem buscar à porta, a euforia quando vêem a bola, a ternura com que nos olham a pedir atenção e a felicidade de estar ao nosso lado enche-nos o coração, e pelo menos a nós lá em casa, só nos mostra que eles nos são imprescindíveis.

No meio desta família gigante de quatro patas, o nosso bege nos últimos tempos andava com alguns problemas de pele, que o deixava com algumas feridas, e cheio de comichão. Andamos mais de um ano para descobrir o que se passava com ele, até que resolvemos fazer o teste das alergias. Pois já descobrimos o problema dele. É alérgico a carne!!! Sim o meu cão, um labrador, raça conhecida por ser de caça é alérgico a carne! Mas não a toda! Não pode comer carne de frango, peru e cordeiro, mas pode comer porco e veado (chique!!!). Já estamos a tratar de encontrar uma ração à base de peixe e que não contenha nenhum vestígio de carne. Entretanto o nosso "mimado" anda a comer salmãozinho e pescadinha feita pela mami! Sortudo, hein?!

A casa da mami está cheia! Ralhamos muito, gritamos ainda mais, às vezes parece que fazemos malabarismo porque eles resolvem fazer de nossos obstáculos na passagem, resolvendo deitar-se de patas para o ar e interrompendo o caminho, já destruíram muita, mas mesmo muita coisa, deixam-nos de coração apertado quando não estão bem, mas nenhum de nós consegue viver sem eles. Nenhum de nós quer sequer imaginar quando eles não estiverem cá. Os nossos cães são os melhores do mundo! Não são os mais inteligentes,muito menos os mais obedientes, mas são a nossa família de quatro patas!





1 comentário: